terça-feira, 24 de abril de 2012

Escoria Leve para enchimento de pisos e lajes em BH - Ligue : 31 3412.5400




Televendas : 31  3412.5400
Rua Padre Eustáquio, 1201   -    Carlos Prates BH-MG



COMO CHEGAR

Escória Leve para enchimento de pisos e lajes

Muitos clientes têm nos procurado com várias dúvidas a respeito da Escória Leve 
comercializada na região metropolitana de Belo Horizonte. As perguntas são variadas 
e vão desde a origem do produto até a exata quantidade a ser comprada para evitar 
desperdício e a aplicação do produto na obra. Não raramente os clientes perguntam 
sobre os benefícios de se usar a Escória para enchimento de lajes, pisos e paredes.
A ideia deste post é apresentar as perguntas das pessoas que ainda têm
dúvidas sobre a Escória Leve e sua aplicação na construção civil.

O que é?
A escória leve também é chamada de escória de aciaria ou simplesmente escória.

Origem
A escória utilizada em Belo Horizonte e regiões vizinhas é fabricada em usinas
 siderúrgicas de Sete Lagoas, Itaúna e Divinópolis. O processo de fundição do
 minério em alta temperatura para obtenção do ferro gusa resulta numa espécie
de espuma que depois de resfriada, dá origem à escória. Neste processo é comum
a fabricação da escória pesada de coloração mais escura e da escória leve de cor
 mais clara.

Aplicação
Inicialmente a escória leve era tratada como um rejeito da siderurgia e formava grande
 estoque nessas indústrias. A partir desse momento, descobriu-se a utilidade do
 produto na construção civil em enchimentos de lajes e pisos devido ao seu baixo
 peso em relação a outros produtos como a areia, a terra e o pedregulho.
 Além da sua característica de ser leve para o preenchimento, a escória também 
executa o papel de isolante acústico entre os pisos de uma casa ou prédio e entre
 cômodos de uma casa, se aplicada em paredes.
Nos pisos e lajes, a escória é despejada diretamente no solo de acordo com o volume 
desejado. Depois, ela deve ser levemente compactada (socada) para garantir 
firmeza ao material. Dessa forma, o contra piso pode ser feito diretamente sobre a 
escória já compactada. Pela nossa experiência comercial, alguns clientes e construtores 
afirmam ter bons resultados ao misturar a escória diretamente no concreto (massa) que 
formará o piso.

Quantidade ideal
Depois de saber como usar a escória, outra grande dúvida surge em medir a quantidade
 de escória a ser comprada. O principal no cálculo da quantidade a ser usada é a 
medida da área onde a escória será colocada. Tendo as medidas de largura, 
comprimento e altura, as contas ficam fáceis e você pode definir rapidamente a quantidade 
exata de material necessário. A área geralmente é a parte mais fácil de medir. 
O mais complicado fica por conta da definição de qual altura de escória colocar no 
enchimento. Novamente, aqui vai uma dica vinda da experiência cotidiana com 
construtores e clientes. A prática e a rotina têm nos ensinado que a altura pode variar 
de 10 a 20 centímetros. Digamos que 90% dos clientes nos procuram buscando comprar 
escória para preencher esta altura. Porém, cada caso é único e já observamos 
alturas de 5, 8, 25 e até 30 centímetros. Talvez um pedreiro responda melhor 
a respeito da altura.

Essa figura ajuda na explicação do cálculo do volume. Com a medida da área (a x b),
 basta multiplica-la pela altura (c) que chegamos ao volume de escória leve necessária.
 Convém, no entanto, multiplicar o resultado novamente por 1,2 devido ao efeito de
compactação e redução do volume ao socar o material. Assim sendo, o cálculo fica
assim:

Qtde = a x b x c x 1.2, ou
Quantidade de escória que preciso = comprimento x largura x altura x
diferença com compactação.

Assim você está pronto para fazer uma compra certa para sua obra!

Nenhum comentário: